Powerledger (POWR) explicado

Powerledger explained

O token POWR ERC20 é um dos dois tokens usados na plataforma dual-chain de comércio de energia Powerledger, na qual a energia é comercializada diretamente entre os clientes (peer-to-peer, P2P). O outro token, Sparkz, é usado na plataforma Ecochain. A funcionalidade primária da moeda POWR é permitir aos usuários acesso à plataforma Powerledger para comprar, vender e negociar energia.

O projeto Powerledger foi fundado na Austrália em 2016. Seu objetivo é democratizar e descentralizar a oferta de energia global focando nas energias renováveis, como a eólica e a solar.

Até o momento, tendo um valor de mercado estimado em USD 138 milhões, o token POWR possui uma comercialização diária de USD 48.2 milhões. POWR tem uma oferta de 485.5 milhões de tokens em circulação.

Tokenomics

A Powerledger executou uma oferta inicial de moedas (ICO) em setembro de 2017 e liberou 35% da oferta máxima de 1 bilhão de POWR. Arrecadou 25 milhões de dólares Australianos em vendas privadas e públicas, por tanto foi considerada a ICO de maior sucesso na Austrália, com capacidade de atrair distintos fornecedores de serviços públicos, inclusive, a Origin Energy, a maior fornecedora de energia do país.

A blockchain liberou tokens adicionais em 2019, mas removeu mais de 2.7 milhões de tokens no começo de 2020, como parte da sua estratégia deflacionista. A Powerledger mantém 50% da oferta de POWR na sua carteira, com o intuito de  financiar projetos futuros e incentivar potenciais compradores.

Casos de uso

O principal uso do token POWR ERC20 é o de fornecer acesso à aplicação da plataforma Powerledger aos participantes e aos anfitriões.

A plataforma possibilita a negociação direta entre os usuários sem a necessidade de envolver a operadora elétrica como intermediária do negócio. Suas soluções incluem comércio de energia diretamente entre os usuários (P2P), trocas de enegia solar (solar swap), estabilidade da rede elétrica, serviços de flexibilidade (flexibility services) e outros notáveis projetos de desenvolvimento sustentável dos territórios.

Os três principais produtos de energia da plataforma são: xGrid, uGrid e Power Port.

Utilizando a blockchain Ethereum, os usuários podem comprar energia renovável e/ou vender seus próprios excedentes de energia renovável. A Ethereum age como um mecanismo de acordo e de contabilidade para o comércio de energia,  fornecendo rastreabilidade e transparência.

Ecossistema

A plataforma Powerledger usa duas camadas de blockchain, Ethereum e Ecochain, que podem ser acessadas usando suas respectivas moedas, POWR e Sparkz. Cada blockchain suporta sua própria moeda local e oferece diferentes funções. A blockchain Ethereum serve como camada externa da rede, permitindo que a POWR seja comprada, vendida e negociada globalmente.

A Ecochain, sendo um consórcio privado, pode ser customizada de acordo com as condições de uma área específica, tais como: produção de energia, regulamentos locais e níveis de fornecimento da rede elétrica existente na área. Em termos simples, essas camadas garantem que várias moedas fiat no mundo todo possam participar do ecossistema Powerledger a preços diferentes.

Onde comprar, vender, comerciar e armazenar POWR

Você pode comprar e negociar POWR em várias exchanges estabelecidas, incluindo AAX, Binance, Crypto.com, Coinbase, Upbit, Digifinex e Huobi. Como é um token ERC20, o POWR só pode ser armazenado em uma carteira que suporte ERC20. MyEtherWallet, por exemplo, é uma das melhores carteiras para armazenar moedas ERC20, enquanto as melhores carteiras de hardware incluem Ledger Nano S e Trezor.

Mapa de rota para o futuro

Em 2021, a Powerledger anunciou que futuramente migrará da plataforma Ethereum para a Solana na esperança de alcançar maior velocidade e escalabilidade. Este não é um movimento nada surpreendente, já que a blockchain Ethereum tem sofrido com lentas velocidades nas transações e altas tarifas, devido à saturação da rede.

Ademais, a Solana é conhecida por ter uma baixa emissão de energia; no entanto, os tokens POWR permanecerão na rede Ethereum e poderão ser usados pelos usuários atuais.

Além disso, a Powerledger fez vários planos e parcerias, incluindo um projeto com a BHP Chile que busca fornecer energia para comunidades remotas no Chile. Também assinou acordos para levar a plataforma para a Ásia e fornecer a possibilidade de estabelecer transações de microrredes elétricas.

Todos os olhos estão voltados para a Powerledger e suas ideias ambiciosas, pois seu sucesso pode revolucionar completamente o setor de energia, permitindo que as comunidades locais vendam sua energia não utilizada e a distribuam para seus vizinhos sem a necessidade de intermediários.

Tags

Choose a language